Ciudadanía, cultura y tecnología

Posted Publicado em portfolio     Coment�rios Seja o primeiro a comentar
Mar
25
O conceito de cidadania comunicativa é um dos eixos temáticos do GP- PROCESSOCOM, problematizado no contexto do PPGCC-UNISINOS  e da Rede AMLAT busca ampliar e aprofundar essa importante problemática contemporânea, contribuindo para o esclarecimento de um conjunto de questões relacionadas com o exercício, a participação, a produção, a criação, a fruição e os direitos das pessoas, como sujeitos comunicantes interculturais nas sociedades informatizadas, midiatizadas e multidimensionais de nosso tempo. Concebemos o cidadão comunicacional como um sujeito em transformação que gera pensamentos e ações a favor das mudanças socioculturais impostergáveis.
A cultura é pensada no grupo como múltipla, diversa, inter-relacional, fecunda, expressiva e representativa dos modos de vida. Longe dos exclusivismos e os etnocentrismos, defendemos o reconhecimento e o respeito de todas as culturas, fomentamos a pesquisa para seu conhecimento organizado e dialógico. Buscamos produzir culturas acadêmicas renovadas que superem os estreitos enquadramentos positivistas, funcionalistas e pragmáticos.
A dimensão tecnológica é pensada em termos de um logos decisivo para os processos comunicativos na época atual. Estabelecemos uma distância crítica definitiva em relação com as vertentes tecnicistas, tecnofóbicas e tecnofílicas; concebendo os sistemas, as configurações, os modelos, os desenhos e as realidades técnicas como inteligências em ato, como estruturações operativas fruto de uma teoria e, simultaneamente, como formas sociais de disposição, simbologia, organização e inter-relação comunicativa. Investigamos preferentemente as apropriações socioculturais das técnicas, e suas relações com determinados modos de pensar e estruturar o mundo, gerando crítica e conhecimento a partir das vertentes comunicacionais críticas.

Deixe seu comentário

Protected by WP Anti Spam

Noticias

Para ver todas las noticias sobre Processocom, visite la versión en portugués de esta página haciendo clic en la bandera brasileña en la parte superior.